SORRISO

Mulher é agredida pelo marido e tem nariz fraturado
Sorriso29/11/2019 08h54






Uma mulher, que tem um bebê de apenas 1 mês de idade, foi violentamente agredida pelo marido em casa, no bairro Novos Campos, em Sorriso. O agressor, de 23 anos, foi preso pela Polícia Judiciária Civil (PJC) e teve a prisão preventiva decretada pelo juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso, Anderson Candiotto. 

O pedido de prisão foi solicitado pelo delegado Nilson Farias. Segundo ele, o mandado foi cumprido hoje.  

O acusado foi preso após a PJC receber uma denúncia anônima. Apesar de a mulher negar as agressões, os investigadores detectaram os hematomas no rosto da vítima, cujo nariz foi fraturado em três locais. 

A mulher foi submetida a exame de corpo de delito. Ela, porém, negou que foi agredida pelo marido, mas o crime foi confirmado por testemunhas ouvidas pela Polícia Civil. 

"Com isso, representei pela prisão preventiva e o pedido foi deferido. Hoje, pela manhã, os policiais compareceram na residência do casal e cumpriram essa prisão. A vítima continua negando as agressões. Ela tem um filhinho recém-nascido com ele e não queria a prisão. Mas esse é o caso típico de violência, Maria da Penha. Ela tenta proteger o agressor por dependência econômica e emocional. Mas essa violência pode ir aumentando e uma hora chegar até um crime de feminicídio", alertou o delegado. 

Nilson Farias frisa que qualquer pessoa pode denunciar caso de violência doméstica. "Mesmo que a vítima não queira, ela precisa ser cuidada porque nenhum ser humano merece passar por esse tipo de situação", destacou o delegado. 




COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM